Dia dezoito

Agora que estou de volta ao trabalho e o horário de verão terminou, a falta de luz do dia começa a ser um problema durante a semana. Sem falar que este quebra-cabeça precisa de mais zebras, ou melhor, de mais áreas com listras. É muito mais fácil encaixar peças que têm linhas passando por elas, como a perturbação no reflexo da água.

No lado positivo, a classificação das peças continua a melhorar conforme identificamos onde vai cada combinação de cor e textura. Ocorreu-me que a separação e montagem de um quebra-cabeça deste tamanho não é algo que pode ser feito usando o modelo cascata – é certo  que muitas peças vão ser separadas na pilha errada no início.

Também é bom que não estou tendo tanto problema de coluna quanto eu temia. A altura da mesa deve estar ajudando a não torcer muito o pescoço numa posição só.

Girafa segue evadindo-se

Girafa segue evadindo-se

Day eighteen

Now that I’m back to work and DST is over, the lack of daylight hours is starting to be a problem during the week. Also, this puzzle needs more zebras, or rather, more areas with stripes. It’s a lot easier to fit pieces that have lines going through them, such as the disturbance in the water.

On the plus side, sorting continues to improve as we identify which color\texture combination goes where. It occurred to me that sorting and assembling a jigsaw this size isn’t something that can be done using a Waterfall model — it’s a given that too many pieces will go in the wrong pile at first.

Another plus is that this project hasn’t been as much of a literal pain in the neck as I feared. I think the table’s height helps with not bending my neck too much.

Giraffe continues to elude me

Giraffe continues to elude me

Dia oito

Minha mãe sonhou que estava separando peças de quebra-cabeças. Cara equipe, espero que estejam felizes.

A reação das pessoas quando vêem o quebra-cabeças gigante é engraçada – elas olham a mesa e dizem algo do tipo, puxa, é um quebra-cabeças muito grande esse aí. Nesta altura nós simplesmente apontamos para as caixas, sacos e bandejas cheias de peças que cobrem a cama inteira e assistimos aos queixos caindo quando elas percebem o que realmente significa oito mil peças.

A vó ajudou com os flamingos.

A vó ajudou com os flamingos.

Aqui está minha retrospectiva do primeiro sprint. Eu pensei em fazer um kanban (eu gosto de post-its, tá legal?), mas no fim decidi que o quebra-cabeças em si é uma ajuda visual melhor.

Negativo:

  • Minha equipe está tentando me enlouquecer
  • Oito. Mil. Peças.

Positivo:

  • Separação inicial das peças foi mais rápida que esperado
  • Família compreensiva após choque inicial
  • Mesa sensacional continua sendo sensacional

Riscos e ações a tomar:

  • porta quebra-cabeças não foi testado:  esperar até preencher um pouco mais (pelo que entendi da internet, ele funciona melhor com mais peças juntas)
  • separar 8000 peças em 4000 saquinhos de plástico: definir a estratégia de separação com a família e/ou esconder todos os saquinhos
  • fazer todas as partes mais fáceis primeiro e depois perder o embalo: convencer família a fazer as partes chatas enquanto estou no trabalho
  • choro incontrolável ao tentar os elefantes: estocar bebida

Day eight

My mother dreamed that she was sorting jigsaw pieces. I hope you’re happy, team.

People’s reaction when they see the giant puzzle is funny — they look at the table and go, wow, that’s a really large puzzle you have there. At this point we simply point to the boxes, bags and trays full of jigsaw pieces covering the entire bed and watch their jaw hit the floor as the full magnitude of eight thousand pieces hits them.

Grandma helped with the flamingos.

Grandma helped with the flamingos.

Here’s my first sprint retrospective. I toyed with the idea of a kanban (I like sticky notes, all right?) but in the end decided that the puzzle itself is a better visual aid.

Negative:

  • My team wants me to lose my mind
  • Eight. Thousand. Pieces.

Positive:

  • Initial sorting went faster than expected
  • Understanding family, after shock wore off
  • Awesome table continues to be awesome

Risks and actions to be taken:

  • jigsaw carrier untested:  wait until borders fill out some more (I gather from the internet that it works better with more pieces assembled)
  • sorting 8000 pieces into 4000 tiny plastic bags:  define sorting strategy with family and/or hide all plastic bags
  • doing all the easier parts first and losing steam later:  convince family to do boring parts while I’m at work
  • uncontrollable crying when attempting the elephants:  stock up on booze