Dia trinta

Eu tive algum tempo para matar hoje, então fui assistir uma palestra sobre gerência do tempo. A importância do estabelecimento de metas foi muito salientada e assim eu decidi escrever as metas para o meu quebra-cabeça gigante:

♦ Concluir quebra-cabeça em quatro meses sem enlouquecer

Relevância:
Minha família vai eventualmente querer de volta a área de 2,20m ² para coisas que não são um quebra-cabeça gigante e sua mesa acompanhante.
Se eu enlouquecer, posso não ser capaz de manter meu emprego e aí não serei capaz de sustentar o vício recém-adquirido da minha avó por quebra-cabeças.

Alcançável:
Medidas via olhômetro, amostragem e querer muito acreditar, indicam que o quebra-cabeças está, talvez, 25% pronto após um mês de trabalho.

Indicadores:

♦ Segundo mês
-ter 50% do quebra-cabeça feito
-assistir programas sobre elefantes no Discovery Channel sem exibir sinais de medo (p. ex., tremedeira, soluços, esconder-se atrás do sofá).

♦ Terceiro mês
-ter 75% do quebra-cabeça feito
-pelo menos 95% do cabelo não arrancado

♦ Quarto mês
-ter 100% do quebra-cabeça feito  \o/
-ser capaz de manter conversas por pelo menos 10 frases antes de mencionar as palavras “quebra-cabeça gigantesco”

Advertisements

One thought on “Dia trinta

  1. Pingback: Dia sessenta e três | My team wants me to lose my mind

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s